ORGANON DA ARTE DE CURAR

 

Samuel Hahnemann

 

§15

 

 "O sofrimento da "Dynamis" de tipo não material (força vital), animadora de nosso corpo, afetada morbidamente no interior invisível e o conjunto dos sintomas exteriormente observáveis e por ela dispostos no organismo e representando o mal existente, constituem um todo, são uma única e mesma realidade. Sendo, porém, o organismo o instrumento material da vida, ele é tampouco concebível sem a animação pela "Dynamis" instintiva, sua sensora e regularizadora, tanto quanto a força vital sem o organismo; consequentemente, ambos constituem uma unidade, embora, em pensamento, nós a separemos em dois conceitos, a fim de facilitar sua compreensão."

 

Referências Bibliográficas:

 

Hahnemann, Samuel. Organon da Arte de Curar, 1996. 248p.