ORGANON DA ARTE DE CURAR

 

Samuel Hahnemann

 

§18

 

 "Desta indubitável verdade, isto é, que não há, de modo algum, nas doenças, salvo a totalidade dos sintomas e suas modalidades, nada que possa ser encontrado e que expresse a necessidade de intervenção do auxílio à doença, depreende-se, inegavelmente, que a essência de todos os sintomas percebidos e das circunstâncias em cada caso individual de doença é a única indicação, o único denotador do meio de cura a ser escolhido."

 

Referências Bibliográficas:

 

Hahnemann, Samuel. Organon da Arte de Curar, 1996. 248p.